Brasileiros prontos para o E-Prix da Cidade do México

0
96
Foto: Sam BloxhamLAT/Formula E

No próximo sábado (3), a ABB Fórmula E 2017-18 terá a sua quinta etapa, o E-Prix da Cidade do México, que será realizado no Autódromo Hermanos Rodríguez. Com a extensão de 2.092 km, o traçado mexicano conta com 17 curvas. Será o terceiro ano consecutivo que o México recebe um E-Prix do mundial de carros elétricos. E para os pilotos brasileiros, o circuito mexicano revela boas e más lembranças.

O atual campeão da ABB Formula E, Lucas di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler), por exemplo, venceu a prova na temporada 2015-16, mas acabou sendo desclassificado. Já em 2016-17, novamente Di Grassi recebeu a bandeirada e garantiu a primeira vitória na temporada, reagindo no campeonato e partindo para a conquista do título mundial.

”Acho que vencer essa prova será uma tarefa perto do impossível. Mas enquanto estivemos na pista, temos chance, como mostramos no ano passado. E não vamos desistir. Vamos pra cima novamente. Nossa meta é buscar nosso melhor final de semana na temporada. Se conseguirmos terminar a prova e garantir alguns pontos, sem termos problemas técnicos, já seria sensacional”, declarou Di Grassi, que ainda não conseguiu pontuar na atual temporada.

Porém, a missão de Lucas di Grassi não será fácil. Novamente o piloto brasileiro será punido com a perda de dez posições no grid de largada, já que a Audi não cumpriu o prazo de 30 dias para uma nova intervenção no carro, que já havia sofrido modificações no E-Prix de Santiago. Vale lembrar que na etapa mexicana da temporada passada, Di Grassi se envolveu em um acidente nas primeiras voltas, caiu para último, e ainda assim, venceu a prova.

Quanto a Nelson Piquet Jr, o piloto da equipe Panasonic Jaguar Racing não tem bons resultados para recordar. Na estreia do circuito mexicano na ABB Formula E, o brasileiro terminou a prova apenas na 13ª colocação. Na temporada passada, fechou na nona posição. Mas, com 33 pontos e a quinta colocação no mundial deste ano, Nelson Piquet Jr quer seguir vivo na disputa pelo título.

“Nas últimas quatro corridas marcamos pontos consistentemente numa variedade de pistas, tanto tradicionais circuitos de rua como em Santiago como semicircuitos de rua como Marrakesh, então desejamos ter uma performance tão boa quanto num circuito tradicional como o do México. Nossos carros da Jaguar têm velocidade e a cada corrida estamos nos aproximando das primeiras posições. Vamos atacar novamente no México e continuar aprendendo e melhorando e assim lutar por mais pontos para o campeonato”, comentou Nelson Piquet Jr.

A temporada 2017-18 da ABB Fórmula E é liderada pelo francês Jean-Eric Vergne (Techeetah), que venceu a última etapa disputada em Santiago, no Chile, e possui 71 pontos, seguido pelo sueco Félix Rosenqvist (Mahindra Racing), com 66 pontos, e o britânico Sam Bird (DS Virgin Racing) com 61 pontos.

Já no que diz respeito às equipes, a liderança pertence a Techeetah, que conquistou a primeira dobradinha da história da ABB Fórmula E no E-Prix de Santiago, com 89 pontos. Em seguida, temos a Mahindra Racing com 87 pontos, e a DS Virgin Racing, 69 pontos.

A temporada 2017-2018 do ABB FIA Formula E terá um total de 12 etapas, encerrando o campeonato no dia 15 de julho, em Nova Iorque. Os primeiros E-Prix foram disputados em Hong Kong, Marrakesh (Marrocos) e Santiago (Chile).