Atletas paranaenses levam seis medalhas na Copa Triathlon Brasil em Salvador

0
247

Nem o calor de 39 graus em Salvador conseguiu parar os jovens talentos da Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento, na etapa de abertura da Copa Triathlon Brasil, neste domingo (18). O time paranaense conquistou três ouros e duas pratas na disputa, válida também como Copa Continental de Sprint Triathlon, enfrentando alguns dos atletas mais rápidos das Américas.

Foram 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida na orla da Praia de Piatã. Gabrielle Lemes voltou a se superar e, mesmo exausta, foi a campeã da categoria Júnior com 1h03min30s, resultado que a colocou em quinto lugar na classificação geral, a apenas dois minutos do pódio da elite.

“Todos sofreram com o calor. A Gabrielle terminou a prova como aquela maratonista suíça que aliás tem o mesmo nome, a Gabrielle Andersen, na Olimpíada de 1984. Precisou ir direto para o atendimento médico”, conta Ricardo Júnior Cardoso, coordenador do projeto. O esforço valeu a pena: Gabrielle garantiu uma das duas vagas femininas, para atletas nascidas em 2001 e 2002, na seletiva da Confederação Americana de Triathlon no Equador, prova classificatória para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires.

A segunda vaga, a ser definida pela Confederação Brasileira de Triathlon, pode ficar com Alice Forti Tinelli. Medalha de prata na categoria Júnior, Alice completou o percurso em 1h04min13, e ainda foi a sétima colocada geral, entre as atletas de elite. Quinto colocado na categoria Júnior, Pedro Henrique Boff foi o primeiro entre os nascidos em 2001 e 2002 e também já carimbou sua passagem para o Equador.

Na categoria 16 a 19 anos, Maria Fernanda Forti Tinelli foi a campeã, enquanto Renan Antônio Portela ficou com a prata na categoria 15 anos. “Foi um resultado muito importante para a equipe, com vários atletas no pódio. Todos fizeram uma excelente prova, ainda mais levando em consideração o alto nível da disputa e o calor”, avaliou Ricardo Júnior Cardoso.

Aluno de ouro

Os atletas da Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento competiram em Salvador com “adversários” que já conhecem bem. A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, projeto em que foram descobertos e é referência nacional na formação e desenvolvimento das categorias de base do esporte, levou três alunos para a disputa. Entre eles, Nicholas Gabriel Cabral de Meira levou o ouro na categoria 16 a 19 anos, mostrando que o trabalho do projeto está no caminho certo.

A Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento reuniu para a temporada 2018 os dez atletas com maior potencial para o alto rendimento, entre os 60 alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, consagrando um trabalho de quatro anos no desenvolvimento das categorias de base do triathlon no Paraná. Na nova equipe, os dez atletas selecionados passarão a receber uma ajuda de custo mensal e serão direcionados para as principais competições brasileiras e internacionais, visando as classificações olímpicas.

O projeto foi viabilizado pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Banco Safra, Sanepar, Elejor e Governo do Paraná.