Aline Silva na Rio 2016! Atleta da luta olímpica classica o Brasil para a Olimpíada

0
400

Aline Silva conseguiu, nesta quinta-feira (10), vaga do Brasil na Olimpíada de 2016 na categoria até 75 kg da luta olímpica, hoje chamada de wrestling. A atleta do Sesi-SP ficou com a quinta colocação do Mundial da modalidade, disputado em Las Vegas, nos Estados Unidos. ”Primeiro objetivo foi cumprido: conseguir a vaga olímpica. Eu fui para o Mundial de Las Vegas para buscar a vaga e depois tentar a medalha. O evento foi bastante disputado e por detalhes não voltei ao pódio. Mas a alegria é imensa por ter a chance de, em agosto do ano que vem, representar o Brasil em uma Olimpíada. Vou chegar mais do que 100% para conquistar um bom resultado e, quem sabe, a primeira medalha da modalidade na história. Em 2016 também vou contar com apoio de todos os brasileiros, que darão muita força pra mim e para todos da equipe”

A campanha de Aline Silva começou com uma pedreira logo de cara. A atleta derrotou a cubana Lisset Hechevarria por 6 a 1 e avançou para a próxima fase. Na sequência vitórias sobre Guzel Manyuora do Cazaquistão por 7 a 5 e sobre Ekaterina Bukina da Rússia por 5 a 4. Na semifinal perdeu para a norte-americana Adeline Gray (que foi a campeã) e na disputa do bronze para Vasilisa Marzaliuk, da Bielorússia. ”O Mundial é tecnicamente muito forte, só com as melhores. Notei, mais uma vez, que as adversárias estão bem preparadas para me enfrentar. Por isso, eu e a minha comissão técnica vamos estudar o jogo de todas as atletas ainda mais”.

A representante do Sesi-SP e da Marinha do Brasil é dona do melhor resultado do País na história da luta olímpica. Em 2014, Aline chegou na decisão e ficou com a prata. ”Fiz duas semifinais de Mundial seguidas e estou bastante contente pelos resultados obtidos. Cada vez mais a luta olímpica brasileira é respeitada e tenho orgulho de poder escrever essa história”.

A atleta do Sesi-SP é uma das principais esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrem em um ano no Rio de Janeiro. A boa regularidade de Aline nos últimos tempos é um fator positivo para quem sonha em brilhar em uma Olimpíada em casa. Além do bronze no Pan de Toronto 2015, nesta temporada a atleta do Sesi-SP alcançou seu 11ª título brasileiro de luta olímpica na categoria até 75kg, ficou em terceiro lugar do pan-americano da modalidade no Chile. Em 2014, a lutadora também faturou o ouro nos Jogos Sul-Americanos, no Mundial Militar e no Grand Prix de Paris.

Aline Silva é treinada por Pedro Garcia, Angel Aldama e Alejo Morales. A atleta de 27 anos defende o Sesi-SP e a Marinha do Brasil, tendo patrocínio da Caixa Econômica Federal.