Aline Silva é bronze em evento-teste da luta olímpica

0
310

Aline Silva ficou, neste domingo (31), com a medalha de bronze no evento-teste da luta olímpica Rio 2016, na Arena Carioca 1. A atleta do Sesi-SP e da Marinha do Brasil venceu a chinesa Qian Zhou por desistência após a rival sofrer uma lesão. O ouro da categoria até 75kg do estilo livre do wrestling ficou para a atual campeã Mundial e do Pan, Adeline Grey (EUA), algoz da brasileira na luta de abertura. Segundo Aline Silva, o resultado na competição deu um gostinho olímpico pra ela. ”Fico bastante contente em disputar um evento no mesmo local dos Jogos, que serão em agosto. Até lá tem muito treino e dedicação para buscar o pódio para o Brasil. Meu objetivo aqui era ficar com o ouro, mas ainda não estou no meu auge físico e técnico”.

A brasileira espera que na Rio 2016 consiga vencer a Adeline Gray depois de ser derrotada pela norte-americana na final do Mundial 2014, na semifinal do Mundial 2015 e na primeira rodada do Pan 2015. ”A luta foi bem pegada (2 x 0) e acredito que está na hora de vencer a Grey. Estou perto. A Olimpíada será um evento bastante forte tecnicamente, mas certamente estarei pronta para vencer. O objetivo do evento-teste era esse mesmo, procurar os erros para corrigi-los a tempo das Olimpíadas”.

Ucrânia

A atleta brasileira embarca nesta semana para a Ucrânia com a seleção de wrestling. Aline Silva fará treinos no país europeu antes de participar de uma competição. ”Vai ser bom para poder sentir minhas adversárias treinando e a competição será mais uma chance de testar o nosso treinamento. Vamos ver o que está dando certo e funcionando, além de corrigir os erros”, contou a atleta que classificou o Brasil para a Olimpíada de 2016 na categoria até 75kg.

Aline é dona do melhor resultado do País na história da luta olímpica. Em 2014, Aline chegou na decisão do Mundial da modalidade e ficou com a prata. A atleta do Sesi-SP é uma das principais esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrem em um ano no Rio de Janeiro. A boa regularidade de Aline nos últimos tempos é um fator positivo para quem sonha em brilhar em uma Olimpíada em casa. Além do bronze no Pan de Toronto, a atleta do Sesi-SP alcançou em 2015 seu 11ª título brasileiro de luta olímpica na categoria até 75kg, ficou em terceiro lugar do pan-americano da modalidade no Chile. Em 2014, a lutadora também faturou o ouro nos Jogos Sul-Americanos, no Mundial Militar e no Grand Prix de Paris, alcançando o 3° lugar no ranking mundial.

Aline Silva é treinada por Pedro Garcia, Angel Aldama e Alejo Morales. A atleta de 29 anos defende o Sesi-SP e a Marinha do Brasil, tendo patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Siga a atleta em www.facebook.com/alineluta
e no site http://alinesilvalutaolimpica.com.br