ABB Formula E: Sam Bird vence o E-Prix de Roma

0
50
Sam Bird (GBR), DS Virgin Racing, DS Virgin DSV-03, ,wins the Rome ePrix, with Lucas Di Grassi (BRA), Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE04, in 2nd and Andre Lotterer (BEL), TECHEETAH, Renault Z.E. 17, in 3rd. World Copyright: Malcom Griffiths /FIA Formula E Ref: _W6I6450 World Copyright: Sam Bloxham/FIA Formula E Ref: _W6I6450
O britânico Sam Bird (DS Virgin Racing) conquistou, neste sábado (14), a vitória do 2018 CBMM Niobium Rome E-Prix presented by Mercedes EQ.
 
O sétimo E-Prix da temporada 2017-18 da ABB Fórmula E foi disputado nas ruas e avenidas da capital italiana e teve 33 voltas, que passaram por pontos históricos de Roma como o Coliseu.
 
O piloto da DS Virgin, que ganhou também em Hong Kong, segurou a pressão do brasileiro Lucas di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler) nas voltas finais e venceu.
 
“Não foi fácil, mas parabéns a todos. Conseguir a primeira vitória em Roma foi incrível, será sempre uma corrida histórica”, disse Sam Bird.
 
O piloto Sam Bird herdou a primeira posição após a colisão de Felix Rosenqvist, que largou na pole. O terceiro lugar ficou para o alemão André Lotterer (Techeetah).
 
O piloto Sam Bird somou 25 pontos e diminuiu a vantagem para o líder da temporada para 18 pontos. O francês Jean-Eric Vergne (Techeetah) segue líder isolado do campeonato com 119 pontos após o quinto lugar nas ruas de Roma. O piloto é o único da temporada 2017-18 a pontuar em todos os sete E-Prix.

O brasileiro Lucas di Grassi  (Audi Sport Abt Schaeffler), atual campeão da Fórmula E, deixou a maré de azar para trás. O piloto fez uma corrida de recuperação e ficou em segundo lugar outra vez, repetindo o feito de Punta del Este.
 
”O carro da Audi Sport Abt Schaeffler é rápido e está muito melhor do que na temporada passada. Pena que não podemos mais brigar pelo título”, disse o brasileiro.
 
Lucas di Grassi  (Audi Sport Abt Schaeffler) largou em sexto e perdeu duas posições. Na troca dos boxes conseguiu superar o companheiro de equipe Daniel Abt e acelerar até as voltas finais em busca da vitória. Agora, o piloto brasileiro está em oitavo lugar do campeonato com 39 pontos.
 
O brasileiro Nelson Piquet Jr. (Panasonic Jaguar Racing) não pontuou mais uma vez. O piloto abandonou na 18ª volta das 33. Agora ele é o sexto no geral com os mesmos 45 pontos.
 
Abandonaram, além do brasileiro, José Maria Lopez (Dragon), Alex Lynn (DS Virgin Racing) e Felix Rosenqvist (Mahindra Racing). 
“Com toda a honestidade, se o Rosenqvist não tivesse cometido esse erro, acho que ele teria vencido aqui”, disse Sam Bird.
 
Lucas di Grassi, o italiano Luca Filippi (NIO Formula E Team) e o suíço Sebastien Buemi (Renault e.dams) foram anunciados como vencedores do FANBOOST e receberam 100kJ de energia extra para usar na segunda metade da corrida.

O sueco Felix Rosenqvist (Mahindra Racing) fez a Julius Baer Pole Position com o tempo de 1min36s311 e somou três pontos, mesmo tendo abandonado a corrida. O melhor brasileiro no grid de largada foi Lucas di Grassi em sexto. Nelson Piquet Jr. (Panasonic Jaguar Racing) foi o 13º.
 
Companheiro de Di Grassi, o alemão Daniel Abt (Audi Sport Abt Schaeffler) fez a Visa Fast Lap da prova e ganhou um ponto de bônus.
 
A próxima etapa da ABB Fórmula E será nas ruas de Paris, na França, em 28 de abril.
 

As provas anteriores foram vencidas por:

Hong Kong (02/12) – Sam Bird (DS Virgin Racing)

Hong Kong (03/12) – Felix Rosenqvist (Mahindra Racing)

Marrakesh (13/01) – Felix Rosenqvist (Mahindra Racing)

Santiago (03/02) – Jean-Eric Vergne (Techeetah)

Cidade do México (03/03) – Daniel Abt (Audi Sport Abt Schaeffler)

Punta del Este (17/03) – Jean-Eric Vergne (Techeetah)

Classificação geral

O francês Jean-Eric Vergne (Techeetah) segue na liderança com 119 pontos. Na sequência aparecem o britânico Sam Bird (DS Virgin Racing) com 101 pontos e Félix Rosenqvist (Mahindra Racing), com 79 pontos. 

No campeonato dos construtores, a liderança permanece com a Techeetah 152 pontos. Em seguida, temos a DS Virgin com 118 pontos.