ABB Formula E divulga calendário da temporada 2018-19 e formato de corridas

0
254
Nico Rosberg, Formula 1 World Champion and Formula E investor, drives the Formula E track car.

A ABB Formula E divulgou, nesta quinta-feira (07), o calendário oficial da próxima temporada, que terá inicio em dezembro deste ano, em Ad Diryah na Arabia Saudita, e irá se encerrar em julho de 2019, em Nova Iorque.

Serão 13 provas em 12 cidades diferentes, sendo que o mundial de carros elétricos passará por quatro continentes diferentes: América do Norte, Asia, Africa e Europa. Além de manter as pistas que fizeram parte do calendário da atual temporada, novas cidades foram adicionadas, além do retorno da China (em local que ainda não foi definido) e Mônaco.

Inclusive, a fase europeia da próxima temporada da ABB Formula E será nomeada Voestalpine European Series, e contará com as quatros cidades da atual temporada (Roma, Paris, Berlim e Zurique), além da inclusão do Principado de Mônaco, que passará a ser uma etapa bianual. E assim como na atual temporada, o campeonato será encerrado com corrida dupla em Nova Iorque.

Por enquanto, não há nenhuma prova confirmada para a América do Sul, mas ainda tem uma data reservada que não possui local definido (26 de janeiro de 2019), que pode vir a ser a cidade de Punta del Este, no Uruguai.

Com novas cidades e um carro novo, o Gen2, que possui uma capacidade de armazenamento de energia maior que os carros atuais, a categoria também adotará mudanças durante as provas, já que não haverá a necessidade de trocar de carro nas corridas.

Além do Fanboost, os pilotos terão um aumento na velocidade (dos atuais 200kw para 225kw), sendo que ainda haverá uma zona de ativação que permitirá o uso de um modo mais potente do Gen2, que terá a duração definida pela FIA em cada prova. Os espectadores conseguirão identificar qual modo de velocidade está sendo utilizado pelo piloto por conta da iluminação de LED que será instalada no Halo do novo carro da categoria.

Também haverá mudanças na Super Pole: ao invés de cinco, serão seis os pilotos que vão disputar a pole position Julius Baer e os três pontos. A duração das provas será por tempo, com 45 minutos + 1 volta. E por fim, ao invés de pontuar o dono da volta mais rápida da corrida, o ponto será dado para o piloto que conseguir economizar mais energia entre os cinco primeiros colocados.

“O Campeonato ABB FIA Fórmula E sempre produziu competições altamente competitivas e imprevisíveis. A categoria é sinônimo de inovação e tecnologia pioneira – isso é exatamente o que veremos novamente na próxima temporada com o aumento de desempenho e eficiência do futurístico carro da próxima geração (Gen2), além de testar conceitos únicos e radicais para inaugurar uma nova Era da Fórmula E. O novo formato e os dois níveis de potência que serão introduzidos para a quinta temporada adicionarão um elemento estratégico extra e continuarão a oferecer uma competição intensa e emocionante entre alguns dos pilotos mais talentosos e as maiores marcas do automobilismo”, comentou Alejandro Agag, CEO da ABB Formula E.